Prova Brasil


« Voltar para a lista de programas

Prova Brasil

O que é o programa:

A Prova Brasil é uma avaliação realizada a cada dois anos, praticamente censitária, sobre o rendimento e o desempenho dos alunos de 4ª e 8 ª séries (5º e 9º  anos)  do  Ensino  Fundamental,  em  Língua  Portuguesa  e  Matemática,  na  rede pública,  urbana e rural  de  ensino,  por  meio  da  aplicação  de  instrumentos  (provas  e questionários). 

Objetivo:

Objetiva  fornecer  um  diagnóstico  do  nível  de  aprendizagem  dos alunos de cada unidade escolar e de cada município. As informações produzidas por esta avaliação esclarecem à sociedade alguns dos resultados do processo de ensino  e  aprendizagem,  colocando  à  disposição  de  administradores,  gestores, professores,  diretores  de  escolas,  alunos  e  especialistas  um  instrumental  que permite um olhar mais qualitativo sobre as redes e cada estabelecimento de ensino.

Data de início: 2005

Instrumento legal que o instituiu: Portaria Ministerial nº 931 de 21 de março de 2005 - que institui o Sistema de Avaliação da Educação Básica, composto pela Prova Brasil (Anresc) e pelo Saeb (Aneb).

Por que foi criado:

Para complementar o diagnóstico sobre os sistemas de ensino que integra o SAEB amostral, definiu-se como essencial a adoção de políticas sociais de enfoque global e estratégico. Global porque deveriam estar voltadas para a resolução simultânea de múltiplos aspectos da problemática educacional. Estratégico porque as ações empreendidas estariam integradas entre si e fundamentadas no conhecimento das demandas essenciais e prioritárias.

Consoante com  as metas estabelecidas pelas diretrizes da  educação nacional, a saber, de melhoria da qualidade do ensino, redução das desigualdades e a democratização da gestão do ensino público nos estabelecimentos oficiais, em 2005 foi proposto a  expansão do SAEB para que fossem avaliados todos os alunos do ensino fundamental dos 5.560 municípios brasileiros.

A avaliação censitária do ensino ministrado em todas as escolas brasileiras permitiria (i) o conhecimento das condições, insumos e processos em que se desenvolve o ensino e aprendizagem em cada sala de aula, propiciando análises mais aprofundadas e precisas dos resultados educacionais; (ii) aos gestores, em todos os níveis da administração pública, discutirem e tomarem decisões pactuadas sobre reformulações de base na educação para melhoria da educação ministrada em cada escola de cada município, assegurando ainda, a consolidação do processo de democratização da gestão educacional e (iii) a implementação de medidas (e o acompanhamento das mesmas) no interior de cada escola, uma vez que os resultados poderão sinalizar deficiências passíveis de uma intervenção mais imediata, apontando também as perspectivas de soluções futuras.

Descrição dos resultados alcançados:

Os dados relativos a esta avaliação demonstram que as metas vem sendo alcançadas, de modo que em 2009 foram avaliados 4.534.518 de alunos da rede de ensino urbana e rural de todo o país.